• Adestramento de Cães Salvador

Como tratar carrapatos nos cães

Atualizado: 3 de Jan de 2019



(Atenção redobrada pessoal) A variação climática: calor x umidade x sol x chuva x frio que ocorre nas mudanças de estações favorece a eclosão de ovos de Carrapatos e consequentemente o aumento da infestação nos cães, nos ambientes das casas e das ruas.

Aqui vai algumas dicas de como prevenir e tratar os carrapatos: A melhor maneira de se evitar Carrapato é ainda a prevenção juntamente com o tratamento em casos de infestação, fazendo uso de boas práticas e de alguns produtos combinados. Seguindo essa dicas evitará maiores dores de cabeça para combater carrapatos. A final não podemos deixar os cães numa bolha isolados. Confira:

Banhos à base de xampus anti-carrapatos periodicamente, talcos alti-pulgas e carrapatos, remédios de uso tópicos (pipetas), comprimidos mastigáveis, coleiras protetoras, limpeza do ambiente frequente com desinfetantes, evitar contato com cães moradores de rua, locais e áreas de contágio maior nestas ocasiões de mudança climática, examinar periodicamente a pelagem do animal, o uso de calçados para cães é uma boa alternativa nos passeios. O uso dos produtos devem ser combinados e não podem ser usados em conjunto com outros para não sobrecarregar e causar toxidade aos animais. Ex: coleiras, pipetas, comprimidos, xampoos, talcos, etc

Caso o animal esteja infestado é recomendado o uso de medicação específica para tratar o animal de acordo com o peso, idade e tamanho, encontrada em pet shops e clinicas veterinárias. É importante desinfetar e limpar também o ambiente para evitar a reincidência e re-contaminação. Uso de vinagre de álcool ou água sanitária diluída para limpeza no ambiente é recomendado. Lavar as camas, roupas dos animais, canil, etc.

Muitas vezes o animal pode ser contaminado pela terrível doença do carrapato, erlichiose, que abaixa a imunidade, e pode matar rapidamente o animal, além de deixar sequelas. Basta apenas um único carrapato contaminado picar o animal para transmitir a doença. Quando vemos um carrapato apenas no corpo do animal é possível que exista mais dez em forma de ninfas, larvas ou ovos que não enxergamos a olho nú.

Se não tratado a tempo e adequadamente, o animal pode até morrer. Sendo que o custo para tratamento pode ser bem elevado em alguns casos, além de poder ficar com sequelas adquiridas pela doença erlichiose ou Babesiose. É muito importante que o animal seja acompanhado imediatamente por um médico veterinário de sua confiança.

Os animais não podem viver numa bolha, sem sair de casa diariamente. E podem ser contaminados na casa mesmo por apartamentos ou pelas casas vizinhas. Os carrapatos podem adentrar o ambiente pela porta, janela e muros. Costumam se fixar nas quinas das paredes, sobem nos tetos, frestas, rodapés, jardins, e evitam sol quente diretamente.

Até nas solas de sapatos ou roupas podemos trazer ovos deles sem saber para dentro do lar. As vezes é comum os relatos de cães se contaminarem quando vão aos pet shops, creches, hotéis e locais com muitos cães. Proteja sempre seu cão.

Os carrapatos passam a maior parte do tempo ou ciclo de vida crescendo no ambiente e não no corpo do animal. Veja a figura para entender melhor sobre o ciclo de vida.

Siga estas dicas como tratar carrapatos nos cães. Quer saber mais como cuidar de seu cão? Confira nossos artigos.

PCS - Adestramento de Cães Salvador (PsicologiaAnimal e Adestramento)

www.AdestramentodeCaesSalvador.com.br

#cuidadoscaninos #cães #tratamentodecarrapatos #comotratarcarrapato #pet

0 visualização

© 2023 by Animal Clinic

SERVIÇOS:

-Adestramento de Cães

-Psicologia Animal

-Dog walker

 

-Pet Sitter ou babá de animais domésticos

 

-Pet Care à domicílio

Atendimento:

Salvador - Lauro de Freitas - Bahia

9:00 AM - 18:00 PM

Segunda à Domingo

contato:

@E-mail

Whatsapp

  • Facebook - Adestramento de Cães Salv
  • Pinterest- Adestramento de Cães Salv
  • Twitter - PCS - Adestramento
Serviço de Adestramento de Cães em Salvador - Ba. Adestrador especializado em Psicologia Animal e Adestramento